Um passado presente… Uma esperança no olhar

Local: Biblioteca de Alcântara
Data: 22.10.2021

A Junta de Freguesia de Alcântara (JFA), representada pela Universidade Alcântara Sénior (UAS), associa-se à iniciativa Memória & Esperança, com a apresentação desta performance artística. Memória & Esperança simboliza “uma jornada de memória, luto e afirmação da esperança” (www.memoriaeesperanca.pt), que conta com o alto patrocínio do PR.
A nossa performance artística visa retratar os efeitos trágicos da pandemia, que assolou o mundo em 2020-2021, mas com esperança no olhar… Espelha uma homenagem às vítimas da COVID-19, a todos que se mantiveram na linha da frente e a Todos Nós, que resistimos…, com alento nos mantivemos solidários e humanos, perante tal provocação… Mediante várias dimensões contempladas nesta performance pretende-se, assim, recriar não só a dor como a esperança através da liberdade de movimentos…

A Performance integra as seguintes dimensões:

1. Exposição Fotográfica projetada (de Pedro Soares)
Sinopse: “Estas fotografias, tiradas entre março 2020 e maio 2021, mostram algumas das ruas de Alcântara durante a pandemia. Onde normalmente existe uma grande azáfama na freguesia, o silêncio e ausência de pessoas tomaram conta das nossas ruas! Prova não só da resiliência, mas também da coragem que todos tiveram na luta contra esse inimigo invisível. Estas imagens são dedicadas a todas essas pessoas sem exceção. Às pessoas que moram, aos que trabalham, aos que ficaram e aos que partiram. Muito Obrigada” (Pedro Soares)

2. Instalação (Prof. António Sales e alunos de Pintura)
O cadeirão solitário representa a ausência do ser humano. A luz que se mantem acesa simboliza o pensamento e a memória presente em nós. A mensagem do quadro de Sigmund Freud: “ Só a experiência própria é capaz de tornar sábio o ser humano” eleva-nos à consciência e aprendizagem humana.

3. Atuação do Grupo de Dança Contemporânea da JFA (Prof.ª Marina Frangioia e alunas)
Esta performance, interpretada em silêncio, criada a partir de composição instantânea, pretende ser uma homenagem aos que pereceram durante a pandemia e uma breve reflexão sobre a dor e a saudade.

4. Recitação de Poemas (alunas da disciplina Mais Saúde. Mais Vida)
Poemas de Florbela Espanca e Zeca Afonso.

5. Atuação do Coro da JFA (maestrina Olga Panchenko e coralistas)
O tema “Conquest of Paradise” é uma canção do compositor grego Vangelis, lançada em 1992.

6. Flor na lapela
Vivaz Branco para simbolizar a esperança.

Outros registos

Da Memória à Esperança – Albergaria-a-Velha

Da Memória à Esperança – Albergaria-a-Velha

Local: Agrupamento de Escolas de Albegaria-a-VelhaData: 22.10.2021 O Agrupamento de Escolas de Albergaria-a-Velha abraçou a jornada cívica nacional “Memória & Esperança”, convidando os alunos a escreverem mensagens de agradecimento e reconhecimento endereçadas aos...

Árvore da Memória e Esperança

Árvore da Memória e Esperança

Local: Agrupamento de Escolas de PardilhóData: outubro de 2021Árvore Memória & EsperençaPublish at CalameoOutros registos

Memória e Esperança em Arouca

Memória e Esperança em Arouca

Local: AroucaData: 18 a 24 de outubro de 2021 Programa Segunda, dia 18 de outubro 9,30 h – As motivações da realização da Jornada Memória e Esperança (Dr. António Teixeira Coelho), na Rádio Regional de Arouca Quarta, dia 20 de outubro 9,30 h – Como vivemos com as...